Vídeo mostra momento em que água de hidrelétrica invadiu casas, no PR

Situação aconteceu em Capitão Leônidas Marques, no oeste do estado.
Moradores dizem que não foram avisados que comportas seriam abertas.

http://g1.globo.com/pr/oeste-sudoeste/noticia/2014/06/video-mostra-momento-em-que-agua-de-usina-hidreletrica-invadiu-casas.html

Imagens divulgadas nesta terça-feira (10) mostram o momento em que a água liberada na Hidrelétrica Salto Caxias atingiu casas de pessoas que moravam nas proximidades da usina, emCapitão Leônidas Marques, na região oeste do Paraná. Ronise e Valdir Voigt, moradores de uma das residências destruídas, voltaram ao local nesta terça para procurar o que sobrou.  “Tem coisinha que não tem dinheiro que pague”, diz Ronise. A situação aconteceu no domingo (8).

A casa em que eles moravam foi varrida pela enxurrada. O vídeo feito por celular mostra a água invadindo o terreno da família – das cinco casas que haviam ali, quatro foram destruídas pela força da água. Com a forte chuva que atingiu a região e, também, todo o estado no sábado (7) e no domingo, o nível do Rio Iguaçu subiu, e as comportas da Usina Hidrelétrica Salto Caxias foram abertas.

Os moradores reclamam por não terem sido avisados de que as comportas da usina hidrelétrica seriam abertas. “Eles deviam ter começado a abrir sexta-feira. Eles deixaram para abrir domingo de madrugada”, reclama Valdir.

Antes da chuva, o cenário na pequena comunidade era completamente diferente do encontrado atualmente. A encosta, que  está cheia de pedras, era coberta por mata fechada, e a água ficava a pelo menos cem metros de onde está agora.

Em uma casa de madeira emprestada por outros moradores da vila, Ronise e Valdir tentam recomeçar. “É o nosso pequeno pedaço do paraíso”, afirma a mulher.

Em nota, a Companhia Paranaense de Energia (Copel) informou ter avisado a Defesa Civil de que as comportas da usina seriam abertas. Já a Defesa Civil disse que foi informada só no momento em que as comportas foram abertas, o que dificultou o aviso aos moradores.

Chuva no Paraná
O número de pessoas atingidas pela chuva no Paraná chegou a 445.876, segundo o último boletim da Defesa Civil Estadual, divulgado às 18h desta terça-feira. A quantidade de desabrigados é de 4.294. Ao todo, 13.286 pessoas estão desalojadas e nove morreram. Uma pessoa está desaparecida em Guarapuava, na região central, uma em Rebouças, no sudeste, e uma em São João do Ivaí, no norte. Ainda de acordo com a Defesa Civil, 52 pessoas ficaram feridas. O temporal caiu em 135 municípios do estado entre sábado e domingo. No Paraná inteiro, 130 cidades decretaram situação de emergência.

Água invadiu as casas em poucos segundos (Foto: Reprodução/RPC TV)

http://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2014/06/numero-de-pessoas-afetadas-pela-chuva-no-parana-passa-de-420-mil.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s