Pastoral da AIDS fala sobre os dados da doença no Brasil

Valquíria Vieira, 20 de Julho de 2014

O assessor nacional da Pastoral da AIDS, Frei Luiz Carlos Lunardi, em entrevista ao A12.com falou sobre esses dados.

A12 – Como a pastoral da AIDS vê esse dados que UNAIDS divulgou?

Frei Luiz Carlos – É certo que os avanços com medicamentos garante uma qualidade de vida maior a quem faz bem adesão ao tratamento, portanto diminuiu o índice de óbitos. As pessoas vivem mais porque tomam medicamentos corretamente. Os medicamentos são eficazes para o controle do vírus. Vemos por outro lado uma epidemia estabilizada na maior parte do Brasil e com grande aumento de novas infecções principalmente no sul do país. Vários fatores podem ser considerados mas um que sem dúvidas tem contribuído para este aumento é a ausência de campanhas de informação e orientação da população para a prevenção das DST/HIV e Aids.

A12 – A partir desses dados, quais ações a Pastoral da AIDS deve realizar/planejar?

Frei Luiz Carlos – A Pastoral da Aids tem ações permanentes na linha da informação para a prevenção das DSTs HIV, desenvolve campanhas permanentes de incentivo ao diagnóstico precoce, capacita agentes para ações de base nas comunidades e realidades de maior vulnerabilidade e qualifica lideranças para incidência política para o engajamento nas instâncias de controle social. Atua com palestras em escolas, comunidades e empresas levando informação e orientação segura.

A12 – Com essa realidade qual a principal preocupação da Pastoral da AIDS?

Frei Luiz Carlos – A maior preocupação da Pastoral da Aids neste contexto é desenvolver uma cultura do cuidado que envolve prevenção permanente e continuada. É preciso envolver todos os setores da sociedade para que toda a população esteja informada e estabeleça para si comportamentos seguros.

A12 – Qual o ponto favorável, que temos que comemorar a partir desses dados?

Frei Luiz Carlos –  Hoje temos todo o conhecimento sobre as formas de contágio e as formas de prevenção, temos também disponível toda a logística de exames, consultas de acompanhamento e medicamento para quem já estiver infectado. Os medicamentos controlam o vírus dando assim qualidade de vida para a pessoa infectada e diminuindo a possibilidade de transmiss

Fonte: Pastoral da AIDS

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s